Menino de 11 anos vive acorrentado igual a um cachorro


Ele é apenas um menino de 11 anos, mas vive como um cachorro. Essa é a triste história de He Zili, um garotinho que vive acorrentado pela família na Província de Zhejiang, na China.


Segundo informações da agência de notícias Reuters, He Zili, de apenas 11 anos, vive com a família em uma região rural de Zhejiang.


Sua vida é um retrato de como as pessoas com problemas mentais são tratadas no país asiático. Em casa, o garotinho vive acorrentado a um pilar.


Quando sai à rua, seu pai, que não quis revelar o nome, acompanha o garoto como se ele fosse um cachorro: praticamente nu, ele é arrastado por uma corrente.


De acordo com a Reuters, He Zili machucou a cabeça quando tinha apenas um ano de idade. Desde então, ele passou a apresentar problemas em seu desenvolvimento cognitivo.


Segundo a família, a única opção encontrada para viver com o garoto foi acorrentá-lo.


Os pais alegam que o menino, quando fica solto, começa a atacar as pessoas que estão ao seu redor.


Dados do Centro Nacional de Saúde Mental da China referentes a 2009 mostram que mais de 100 milhões de chineses sofrem de problemas mentais no país. O que indica que 1 a cada 13 chineses enfrenta esse problema.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe do que é feito e como é feito o chiclete?

A Verdade Sobre Chris McCandless, “Na Natureza Selvagem”

Os seis pratos mais sádicos de todo o Mundo