Pular para o conteúdo principal

Mensagens secretas em pinturas clássicas

Que é preciso ser um gênio pra conseguir pintar como os mestres da Renascença todo mundo sabe, mas o que define um gênio? Com uma percepção de mundo diferenciada, um conhecimento que as pessoas comuns não têm, uma visão distinta, essas pessoas enxergam a realidade de outra forma, e frequentemente seu maior desejo é encontrar quem as compreenda - nisso eles acabam não se diferenciando tanto assim de nós, meros mortais. Seja por qual motivo for, o fato é que várias pinturas clássicas têm mensagens secretas escondidas de forma sagaz, que revelam códigos, partituras musicais, mapas e todo tipo de coisa "secreta" que seus autores desejaram colocar ali. A grande questão, independente dos próprios enigmas, é: o que eles quiseram dizer com isso? E pra quem eram essas mensagens? Elabore suas próprias teorias com essas descobertas bizarras:
1 - O jardim das delícias, Bosch
Esse pintor holandês é conhecido por seus cenários gigantes e repletos de pessoas estranhas. Como só isso não é o suficiente, depois de 600 anos de existência, especialistas encontraram uma música desconhecida escrita na bunda (!) de um dos homens no canto inferior direito do quadro. 




2 - Mona Lisa, Leonardo Da Vinci
Não seria uma lista sobre quadros enigmáticos se não tivesse a Mona Lisa, né? Até filme o quadro já teve, o famoso "Código Da Vinci", que relacionaria essa e outras pinturas para compor um "mapa" secreto sobre o divino e a política humana. No caso da misteriosa mulher, foram encontradas - em tamanho quase microscópico - as iniciais "LV" dentro do olho direito da musa. Já no olho esquerdo (lembrando que a pintura tem mais de 500 anos), é possível ver um CE ou B. No arco da ponte ao fundo, o número 72 (ou ainda um L2). Por trás da figura, o número 149x (número apagado). Essa pode ter sido a data em que a pintura foi feita, na década de 1490. Isso fora o sorrisinho de quem comeu e não gostou.

 

3 - A criação de Adão, Michelângelo
O quadro, onírico, na verdade pode ter mais a ver com a humanidade do que o divino. O formato da "nuvem" onde Deus está é perfeitamente o de um cérebro, dividido anatomicamente. Até a faixa verde que sai da parte de baixo reproduz o formato da espinha dorsal; seria esse quadro uma ironia ou uma mensagem filosófica?


4 - Madona com São Giovannino, Giovanni Bellini
O pintor renascentista criou uma cena que parece saída do filmes "Cowboys e Aliens", que no caso seria "Cowboys, Aliens & Santos". Quem sabe não seja essa a sequência do filme?


5 - A Mona Lisa de Prado
Foi encontrada em 2012 essa outra versão da clássica pintura, que especialistas acreditam ter sido feita por um dos discípulos preferidos de Da Vinci. Além da mudança de cores, repare no canto inferior esquerdo da imagem. Viu alguma coisa?

Não? Vou te dar uma ajudinha:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe do que é feito e como é feito o chiclete?

É claro que você já mascou chiclete principalmente quando era criança! Mas você sabe de onde é feito chiclete? Como é feito?







    Eu, já ouvi pessoas dizendo que o chiclete vem do couro do boi...mas é claro que não é feito assim, pelo menos não hoje em dia!







      O chiclete não é uma coisa tão nova assim, antigamente, a um tempo que até hoje não se estima, os povos gregos tinham o costume de mascar resina de arvores, os mesmos usavam para estimular a salivação e assim limpar os dentes! Antes da colonização, no continente americano, a colonização europeia tinha o costume também, porém mascavam o látex do sapotizeiro, e era usada pelos Maias e Astecas e outras civilizações, e os mesmos davam o nome de Chicle.









       O chiclete que nós conhecemos hoje, surgiu no ano de 1872, quando Thomas Adams, fabricou o primeiro lote de chicletes em formato de bolas, porém estes não eram feitos de sapotizeiro, e sim aromatizado com resinas naturais do extrato de alcaçuz.

Os seis pratos mais sádicos de todo o Mundo

A maioria de nós ama um bom e suculento bife ou um belo frango assado né? E não é nenhum segredo que a vida de um animal indo para o matadouro não é de sorrisos e canções felizes. Isso é fato.

Mas vai que você se depara com uma comida que requer que o animal não esteja morto, mas que seja torturado de uma maneira terrível e diabólica bem no seu prato. Abaixo estão os exemplos que provam que, para alguns, a crueldade pode ser deliciosa.

ATENÇÃO: Algumas imagens perturbadoras, particularmente em # 1.

# 6.Ikizukuri

Origem:Japão
O que há de tão ruim nisso?Imagine que você está no Japão. Você quer aproveitar a viajem e experimentar a cozinha japonesa autêntica. Aviso: Esta pá de madeira com a imagem da Hello Kitty, não tem nada a ver com esta matéria. Ignore-a.



Você vai a um restaurante de sushi, e na hora do pedido, a primeira coisa que soar apetitoso é o que você vai pedir. Logo você vê uma confusão de sílabas japonesas que parece ser deliciosa: "Ikizukuri". Você pede. E só então, um…

A Verdade Sobre Chris McCandless, “Na Natureza Selvagem”

A Verdade Sobre Chris McCandless, Do Filme “Na Natureza Selvagem”
Quem nunca sonhou em jogar tudo pro alto e ir atrás do que se acredita? Quem já se pegou preso na rotina compulsiva do dia-a-dia, e já se questionou se as modernidades não atrapalham mais do que ajudam? Chris McCandless, famoso personagem do filme “Na Natureza Selvagem” (Into the Wild) fez o que muitos sonham e outros criticam. Ele largou tudo que tinha: seu diploma, seu carro, sua família e até sua conta bancária. Foi com uma mala em busca do grande sonho de se chegar ao Alaska. Conheça a pessoa por trás do filme de Sean Penn. Chris sobreviveu do que caçava e colhia no Alaska por mais de 100 dias Chris era um típico americano de classe-média alta, recém-formado e com problemas de relacionamento com os pais. Deixou tudo e saiu numa Odisseia solitária em busca do gélido Alaska, distante da civilização. O sucesso acadêmico de Chris apenas aguçou o vazio que ele percebia no materialismo da sociedade. Tendo realizado seu grand…