Livros de Harvard feitos de pele humana

Reprodução/Roadtrippers
As bibliotecas sempre têm um ar misterioso nos corredores repletos de livros empilhados nas prateleiras, mas a da Universidade de Harvard superou isso por larga margem.
A instituição anunciou que três de seus livros foram feitos com um material macabro: carne humana. Em um dos casos, a pele usada para a confecção era de um homem que foi esfolado vivo.
Esse tipo de material era muito usado no século XVII e diversos livros de anatomia eram feitos com a pele de seres humanos. Isso era referido como encapamento Antropodérmico.
Esses livros tratam de filosofia francesa, poesia romana e sobre uma série de leis medievais espanhola. O último, inclusive, cita um possível esfolamento de alguém chamado Jonas Wright, que aconteceu em 1632, e que seria o dono da pele que cobre o livro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe do que é feito e como é feito o chiclete?

A Verdade Sobre Chris McCandless, “Na Natureza Selvagem”

Os seis pratos mais sádicos de todo o Mundo