Tzar Bomb, a maior bomba nuclear da história

Tzar Bomb, a maior bomba nuclear da história

Tzar Bomb, A Maior Bomba Nuclear Da História

Outra vez os russos… é que eles são uma fonte inesgotável de curiosidades e esta aqui bate todos os recordes.
O ano é 1961, os soviéticos estavam vivendo uma boa época, estavam batendo os americanos em quase todas as áreas tecnológicas, na corrida espacial e também na armamentística. Veja só, eles tem um problema patológico, todo o que eles fazem tem que ser monstruoso e de tal maneira enorme que não tem como superar. Ou seja, os russos não sabem brincar mesmo.
Naquele ano a coisa estava complicada, internacionalmente havia tensões muito fortes entre os soviéticos e os americanos. Ai no meio de uma moratorio acordada bilateralmente sobre os testes nucleareas os russos se mandam uma destas aqui, o maior teste nuclear da história do planeta. Decidiram explodir esta bomba nada menos que um ano antes da famosa crise dos mísseis cubanos. Pensa.
A Tzar foi projetada para ser de nada menos que 100 megatons, porém o projeto original foi reduzido a 58 megatons, entre outras coisas porque seria impossível lançar aquilo desde um avião, a bomba final teve 27 toneladas de peso. Obviamente os soviéticos não desenvolveram esta bomba para ser uma arma de uso prático, simplesmente era impossível de ser usada em combate.
Agora, o que significam 58 megatons?
Isso significa que a Tzar era 3800 vezes mais potente que a bomba de Hiroshima e representa o poder destrutivo de 58 milhões de toneladas de TNT ou 10 vezes a quantidade de explosivos usados em toda a segunda guerra mundial! Suficiente força como para obliterar uma cidade do tamanho de Paris. Uma verdadeira monstruosidade.
O raio de destruição total da bomba era de 54 kms! A bola de fogo da explosão tinha 8 kms de diâmetro e poderia ter sido maior ainda mas a onda de choque não permitiu sua expansão. A bomba podia produzir queimaduras graves as pessoas que estavam a 100 kilometros.
A luz da explosão podia ser vista a 2000 quilômetros de distância e a “cogumelo” chegou a 64 quilômetros de altura. Sabe aquele salto “espacial” do Baumgartner? Ele pulou desde 38 kms, só para você saber. Seria como o equivalente a 7 montes Everest.
A bomba foi transportada por um TU-95 Bear que teve que ser modificado para poder carregar a bomba, mesmo sendo um bombardeiro rápido (a pesar de ser a hélice pode chegar a mais de 900 kms/h) ele mal conseguiu sair da área da detonação e não somente isso, calculava-se que as chances de sobrevivência da tripulação eram de 50%! Que é isso gente?
Por tudo isto, a Tzar bomb é a maior bomba nuclear da história.
Infográfico animado de todas as detonações e testes nucleares realizados por país, vale a pena ver:
Documentário Britânico sobre a bomba com imagens originais da explosão.
tzar_bomb
tzarTupolev_Tu-95_Marina
Tsar_Bomba_Revised
Tsar_photo11
Tsar01
Tsar_Bomba_Paris

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe do que é feito e como é feito o chiclete?

A Verdade Sobre Chris McCandless, “Na Natureza Selvagem”

Os seis pratos mais sádicos de todo o Mundo