Pular para o conteúdo principal

Não precisa ter medo de túnel

Muitas das vezes, a maioria, aliás, são assustadores (bom, pelo menos pra mim). São escuros e com aspectos sombrios. Fui das uma vasculhada pelo mundo através da grande rede mundial decomputamores e vi vários tipos diferentes de túneis. Separei uns aí pros leitores do Arruinados.

O nome desse lugar é Kawachi Fuji Gardens, suas flores são das glicínias e tem mais de 150 plantas com cores diferentes. Fica a 5 horas de Tóquio e se você quer impressionar uma menina romântica, não há melhor lugar. (infos retiradas daqui)

http://www.arruinados.com.br/2013/11/nao-precisa-ter-medo-de-tunel.html#more

Clique na imagem ou aqui embaixo pra ler mais...


Após o abandono humano depois de ser muito usada, essa estação de trem em Helensburgh, Austrália, foi totalmente cuidada pela natureza. A diversidade de cores e até mesmo uma pequena cachoeiratornou esse lugar lindo. Mais uma prova que é terrível quando o homem toca em alguma coisa. mas é legal quando a natureza assume.
Helensburgh



Muitos dizem ser obras de alienígenas, se for, estão convidados a fazer um lá em casa. Esse túnel de luz, como é conhecido fica no Arizona e tem que pagar pra entrar. Mas vale a pena. Sério. Pela foto parece que vale, né?



Um túnel de árvores que lembra o Jardim Botânico do RJ, ou o contrário. Fica na Bélgica e é mais uma obra linda da natureza.



Esse túnel é perto do Vulcão Mutnovsky na Rússia e tem quase um quilometro de comprimento. Ele é bonito assim porque, no verão, há degelo, o que dá essa forma linda que dá pra ver na foto.
Outra coisa, caso você vá a esse lugar, não fique com uma tocha acesa abaixo do gelo, você não é burro e sabe a tendência do que pode acontecer. É sério. (infos retiradas daqui)



Isso são apenas árvores cobertas de gelo em algum lugar mega frio do mundo. E bonito assim pelo fato de ter gelo, nada além. Até porque qualquer coisa fica bonita coberta de gelo. Até o editor dessa postagem.



natureza tem uma forma incrível de adaptação, quando duas árvores se encontram, elas tendem a crescer de forma que se juntem, sem haver quebra ou dano em ambas. Isso os dá uma paisagem maneiríssima, nesse caso um túnel.


Toda pessoa em sã consciência gosta de uma trepadeira, os homens principalmente. Aqui, quando não há limpa, elas tendem a crescer e se espalhar (muito crescei e multiplicai da bíblia mesmo). E se espalhar muito. Mas fica lindo, apesar de ser uma praga. Isso é na Ucrânia.



Uma arte Brasileira. Esse enorme bosque em forma de túnel fica em Porto Alegre (mas pertinho, né?).


Aqui é a vista da Rua, da imagem acima, em PoA. Massa, né?



Esse só pra descontrair, teria coragem de entrar?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe do que é feito e como é feito o chiclete?

É claro que você já mascou chiclete principalmente quando era criança! Mas você sabe de onde é feito chiclete? Como é feito?







    Eu, já ouvi pessoas dizendo que o chiclete vem do couro do boi...mas é claro que não é feito assim, pelo menos não hoje em dia!







      O chiclete não é uma coisa tão nova assim, antigamente, a um tempo que até hoje não se estima, os povos gregos tinham o costume de mascar resina de arvores, os mesmos usavam para estimular a salivação e assim limpar os dentes! Antes da colonização, no continente americano, a colonização europeia tinha o costume também, porém mascavam o látex do sapotizeiro, e era usada pelos Maias e Astecas e outras civilizações, e os mesmos davam o nome de Chicle.









       O chiclete que nós conhecemos hoje, surgiu no ano de 1872, quando Thomas Adams, fabricou o primeiro lote de chicletes em formato de bolas, porém estes não eram feitos de sapotizeiro, e sim aromatizado com resinas naturais do extrato de alcaçuz.

Os seis pratos mais sádicos de todo o Mundo

A maioria de nós ama um bom e suculento bife ou um belo frango assado né? E não é nenhum segredo que a vida de um animal indo para o matadouro não é de sorrisos e canções felizes. Isso é fato.

Mas vai que você se depara com uma comida que requer que o animal não esteja morto, mas que seja torturado de uma maneira terrível e diabólica bem no seu prato. Abaixo estão os exemplos que provam que, para alguns, a crueldade pode ser deliciosa.

ATENÇÃO: Algumas imagens perturbadoras, particularmente em # 1.

# 6.Ikizukuri

Origem:Japão
O que há de tão ruim nisso?Imagine que você está no Japão. Você quer aproveitar a viajem e experimentar a cozinha japonesa autêntica. Aviso: Esta pá de madeira com a imagem da Hello Kitty, não tem nada a ver com esta matéria. Ignore-a.



Você vai a um restaurante de sushi, e na hora do pedido, a primeira coisa que soar apetitoso é o que você vai pedir. Logo você vê uma confusão de sílabas japonesas que parece ser deliciosa: "Ikizukuri". Você pede. E só então, um…

A Verdade Sobre Chris McCandless, “Na Natureza Selvagem”

A Verdade Sobre Chris McCandless, Do Filme “Na Natureza Selvagem”
Quem nunca sonhou em jogar tudo pro alto e ir atrás do que se acredita? Quem já se pegou preso na rotina compulsiva do dia-a-dia, e já se questionou se as modernidades não atrapalham mais do que ajudam? Chris McCandless, famoso personagem do filme “Na Natureza Selvagem” (Into the Wild) fez o que muitos sonham e outros criticam. Ele largou tudo que tinha: seu diploma, seu carro, sua família e até sua conta bancária. Foi com uma mala em busca do grande sonho de se chegar ao Alaska. Conheça a pessoa por trás do filme de Sean Penn. Chris sobreviveu do que caçava e colhia no Alaska por mais de 100 dias Chris era um típico americano de classe-média alta, recém-formado e com problemas de relacionamento com os pais. Deixou tudo e saiu numa Odisseia solitária em busca do gélido Alaska, distante da civilização. O sucesso acadêmico de Chris apenas aguçou o vazio que ele percebia no materialismo da sociedade. Tendo realizado seu grand…