10 perguntas que assombram a humanidade


Certamente você já deve ter parado para pensar sobre algumas perguntas a respondidas.
Confira 10 perguntas e suas respostas:

1- Por que a água da privada gira em sentidos diferentes no hemisfério norte e no sul?
Isso é o mais puro mito, baseado em uma força da física conhecida como efeito Coriolis. Esse efeito faz com que tudo que se move na Terra seja puxado para oeste, por culpa da rotação natural do planeta.

Se esse efeito realmente existisse, tudo deveria ser sugado para oeste, sejam pessoas, carros ou qualquer outro objeto, certo? Sim, e somos mesmo. O problema é que o efeito Coriolis gera uma força ínfima, suficiente para ser ignorada por qualquer objeto mais pesado que alguns grãos de poeira.

Mesmo assim, esse mito não é de todo falso: os furacões são afetados pelo “poderoso” Coriolis, já que são formados por massas de ar, um material muito mais leve que um grão de poeira.

Por isso, caso você observe um desses ciclones no hemisfério sul, vai perceber que ele gira no sentido horário, enquanto que no hemisfério norte, ele fará uma rotação anti-horária.

2- Por que kamikazes usam capacetes?


A ideia de usar um equipamento de segurança como esses pode parecer bastante estúpida quando se está indo em direção à morte. Mas a resposta para isso é bastante simples: o capacete nunca esteve ali para protegê-los do ataque suicida, e sim para mantê-los vivos até que seu objetivo fosse cumprido.

Imagine-se no lugar de um kamikaze. Você está voando com seu avião em rota de colisão com uma base militar. Obviamente, serão muitos aqueles que vão tentar detê-lo, lançando tudo que podem contra você. Sem o capacete, um único disparo que atingisse sua cabeça seria morte certa. Já com ele... bem, a morte ainda seria certa, mas pelo menos você conseguiria chegar ao seu alvo antes disso.

3- Por que os filmes de batalha espaciais tem explosões tão barulhentas, se o som não se propaga no vácuo?

Você já tentou assistir a uma cena de ação no mudo? Provavelmente teve a impressão de que tudo perdeu muito da graça, ganhando até mesmo um aspecto cômico. Agora, imagine ver toda a hexalogia de Guerra nas Estrelas, com horas e horas de tiroteios e perseguições espaciais, de forma realista, sem qualquer barulho.

Dificilmente alguém teria paciência suficiente para passar por tal tortura, o que não seria nada bom para as vendas. Por isso, os diretores dos filmes se veem obrigados a esquecer dessa pequena lei da física em prol de um filme mais emocionante e, é claro, que gere mais lucros.

4- Qual dos braços da poltrona do cinema é o da sua cadeira?

Depende de onde você senta. Caso você esteja em um dos cantos da fileira, sempre haverá ao menos um braço totalmente “seu”. Já nos outros assentos, a situação é bem diferente.

O braço que deveria ser da sua cadeira pode ser tanto o direito quanto o esquerdo, de acordo com o ponto de referência. Se começarmos do canto esquerdo, todos os braços desse lado serão dos assentos à direita e vice-versa.

Mas invariavelmente, um sempre sobrará: o penúltimo braço da fileira antes do canto oposto de onde você começou. Não importa que tipo de organização seja feita, ele sempre vai estar lá. E a qual poltrona pertence esse último braço? Essa é uma pergunta que jamais será respondida.


5- Se você cavar um buraco até o centro da Terra e pular, você permanece no centro por causa da gravidade ou volta para a superfície?
Para encontrar a resposta para essa pergunta, muitos procuram observar o comportamento da Lua. A gravidade da Terra a puxa para perto, mas a velocidade que o satélite adquire nisso o lança para longe novamente, em um ciclo que dura milhões de anos. Então, ao pular no buraco, seriamos devolvidos à superfície, assim como a Lua é “jogada”? Não.

O principal culpado para isso é a resistência do ar: não importa como você pule, ela vai “empurrá-lo” na direção contrária. Assim, ao chegar ao centro da terra, seríamos lançados novamente para longe, de forma semelhante à Lua, mas sempre perdendo um pouco da velocidade e nunca atingindo a altura da superfície.

Isso se repetiria de forma indefinida, até que, depois de muitas idas e voltas, teríamos perdido toda a velocidade que ganhamos no pulo, ficando presos no centro da Terra.

6- Por que quando ligamos para um número errado nunca dá ocupado?
Quanto tempo por dia você passa falando ao telefone? Normalmente, não passamos de 30 minutos. Logo, ficamos disponíveis em todas as outras 23 horas do dia. Assim, estatisticamente falando, temos chances muito maiores de ligar para um número que não está ocupado.

7- Por que a fila do lado sempre parece andar mais rápido?

Porque provavelmente ela está realmente andando mais rápido. E as chances ficam cada vez maiores para cada fila adicionada à equação.

Novamente, vamos apelar para as estatísticas: as chances de você estar na fila mais veloz são de 50%, quando há apenas duas delas. Agora, ao adicionar mais uma, as chances não caem para 33%, mas sim para aproximadamente 16%.

Isso porque, enquanto antes você podia estar ou na “mais rápida” ou na “mais lenta”, agora cada uma delas pode ser a “primeira mais rápida”, a “segunda mais rápida” ou a “mais lenta”, o que aumenta consideravelmente o número de possibilidades. Agora, tente calcular as chances de a sua fila ser a mais rápida em um mercado com dez caixas. É de dar nó na cabeça de qualquer um.

8- Se a ciência consegue desvendar até os mistérios do DNA, porque ninguém descobriu ainda a fórmula da Coca-Cola?

Muitos pensam que a fórmula da Coca-Cola é um segredo completo, mas não é bem assim. Para saber os ingredientes usados no refrigerante, tudo que você precisa fazer é olhar no rótulo da garrafa.

Porém, isso não quer dizer que você saberá como replicar a fórmula, da mesma forma que uma pessoa não consegue preparar um bolo apenas com a lista de ingredientes. Faltam duas informações vitais: a quantidade de ingredientes que devem ser usados e o modo de preparo.

Agora, vamos supor que estamos falando de uma empresa com montes de dinheiro e tempo para fazer testes até encontrar a “resposta” certa. Ela provavelmente poderia descobrir o segredo, mas certamente nunca tentaria, porque a Coca-Cola teve sua fórmula patenteada, o que poderia resultar em processos bilionários para quem conseguisse descobrí-la.

9- Por que os aviões não são fabricados com o mesmo material usado nas suas caixas pretas?

As caixas-pretas são incrivelmente resistentes, capazes de aguentar quase qualquer impacto ou ambiente. Mas isso tem um preço: ela é feita de materiais extremamente densos, o que fazem com que ela seja muito pesada.

Já os aviões são veículos focados em leveza para voar, com cascos muito mais finos e que podem ser destruídos com facilidade. Um veículo feito do mesmo material que uma caixa preta precisaria de turbinas muito mais poderosas para ser capaz de sair do chão.

Outro problema seria o custo de algo assim: voar em aviões feitos completamente de aço inoxidável e titânio se tornaria uma viagem extremamente cara para pagar os gastos de combustível, que seria muito maior. Por isso, poucas empresas se interessariam em projetar veículos desses.

10- Por que as pessoas apertam o controle remoto com mais força, quando a pilha está fraca?

Por puro efeito psicológico. A ideia é que quanto mais apertamos, maiores são as chances do controle nos obedecer. É a mesma lógica que alguns aplicam aos pobres botões do elevador. Mas, obviamente, a ação (ou a velocidade desta) correspondente ao botão não é alterada, não importa o quão forte ou quantas vezes você o aperte.

........................................

Muitas são as dúvidas que ainda assolam a humanidade e a maioria provavelmente permanecerá uma incógnita. Mesmo assim, a ciência evoluiu bastante, prometendo trazer cada vez mais respostas, e infelizmente para alguns, ainda mais perguntas para nos assombrar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe do que é feito e como é feito o chiclete?

A Verdade Sobre Chris McCandless, “Na Natureza Selvagem”

Os seis pratos mais sádicos de todo o Mundo